terça-feira , 1 / setembro / 2015
Fique Atualizado
Início / Américas / América do Sul / Brasil / Santa Catarina / Reveillón no Farol de Santa Marta, em Santa Catarina

Reveillón no Farol de Santa Marta, em Santa Catarina

O Farol de Santa Marta, localizado na cidade de Laguna-SC, é uma ótima alternativa para quem pretende passar as férias de fim de ano em um local paradisíaco em Santa Catarina. Distante 131 km ao sul de Florianópolis, O Farol é um local com visual deslumbrante, perfeito para solteiros ou casais que gostam de praia e vida noturna.

O destino possui boas pousadas, hotéis e restaurantes, mas a maioria dos turistas acaba alugando as casas dos moradores, uma vez que são grupos de jovens amigos que buscam uma opção econômica para passar o carnaval e réveillon. Enfim, o lugar é um paraíso, mas sofre bastante com a falta de educação de alguns visitantes. A população local faz um trabalho importante para limpar as praias e manter esse paraíso.

Vai viajar? => Dicas para encontrar os melhores hotéis no Booking.com

Saiba as reais vantagens de contratar um seguro de viagem

 

Como chegar

farol-de-santa-marta-santa-catarina

Fonte: google.com via Lillian no Pinterest

 

A cidade de Laguna, que fica bem próxima a BR-101, é o ponto de partida para chegar ao Cabo de Santa Marta. Chegando na cidade, procure a balsa para atravessar o rio e siga as indicações. São 15 km em estrada de areia batida até chegar no Farol.

Quem parte de cidades ao sul a melhor opção é entrar em Jaguaruna e seguir em direção ao Camacho. Até o Farol são mais 5 km.

Para quem vai de São Paulo, Rio de Janeiro ou outras cidades mais distantes, o ideal é comprar uma passagem aérea para Floripa e alugar um carro para continuar a viagem. É possível também chegar de ônibus, mas limitará suas opções de passeios quando estiver no Farol de Santa Marta.

 

O que fazer

farol-de-santa-marta-reveillon

O surf é um dos principais atrativos da região. São 6 picos diferentes para a prática do esporte, que recebem diferentes tipos de ondulação e ventos. A praia do Cardoso é a mais procurada pelos surfistas, pois recebe grandes ondulações, principalmente nos meses de inverno. Outra prática frequente é o tow-in, na Laje do Jaguá. Para quem não surfa, existem diversas praias para aproveitar o dia.

Quando vai chegando a noite, a cidade se transforma. Praticamente todos os turistas vão para os morros aproveitar o por-do-sol, sendo uma das atrações mais esperadas do dia. A noite vai chegando e a luz do Farol começa a ser vista de longe. É hora de descansar pra cair na noite.

São vários bares que reúnem diferentes tipos de público até o dia amanhecer. Não existem casas noturnas…é tudo bem roots. É comum todos se reunirem no final da noitada para ver o sol nascer…começa outro dia!!!

Planejando alugar um carro em Santa Catarina?
Dicas definitivas para alugar carros baratos em viagens

 

Conhece o Farol de Santa Marta?

Tive a chance de passar 2 réveillons no Farol e realmente vale a pena. O ambiente da cidade com uma galera jovem que quer curtir praia, festas e os amigos, transforma o local em um dos meus preferidos destinos em Santa Catarina.

Deixe seus comentários e dicas sobre esse paraíso e ajude outros viajantes!!!

Até + !!!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 33 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais | CLIQUE AQUI para receber novidades por email.

Confira Também

Onde ficar em Ouro Preto

Onde ficar em Ouro Preto e Mariana: dicas de hotéis

Famosa por sua arquitetura colonial e ladeiras de pedra que logo de cara encantam os ...

4 Comentários

  1. Já passei a virada dos anos de 2003 para 2004 e 2004 para 2005 e foi tudo ótimo! Voltaremos nessa virada de 2014 para 2015 e espero que passados dez anos o lugar continue maravilhoso. Se quiser, na volta te conto. bjos

  2. Thiago Ferst Muniz

    Bom venho aqui dizer como morador do farol que algumas de suas informacoes aqui sao de grande equivoco. claro q no verao todos querem curtir mas na realidade muitos que vem pra ca ultrapassam os limites de respeito com os moradores e turistas q buscam tranquilidade. O farol hj ja possui uma boa parte de sua estrada asfaltada e possuimos sim restaurantes e pousadas de qualidade. nem todos tem dinheiro para usufruir disso, mas nem por isso voce pode generalizar. existem opcao para todos os bolsos. Outro ponto curioso q comentasse foi sobre a reuniao de todos para ver o nascer do sol q por estarem muito alterados invadem area de marinha onde esta construido o farol para observar tal espetaculo. conhecemos os faroleiros da marinha e sao inumeras reclamacoes por parte deles a respeito de vandalos e drogados q vem pra ca e acham que podem destruir nosso paraiso. Limites e respeito devem ser para todos, e vejo q o seu perfil de turista e o que estamos tentando evitar para os proximos anos. Outra coisa e muito gritante q nao e por que temos bares roots o lixo deve ser jogado no chao…asiim como todos fazem, pois apos cada “balada” nos moradores temos q limpar toda o praia pois o pessoal q estava festando vai durmi sem um minimo peso na conciencia em termos de respeito ao meio ambiente.

    • Oi Thiago,

      Escrevi esse artigo com o ponto de vista de viagens que fiz em 2007. Acredito que a bagunça não era tão grande.

      Concordo que a falta de respeito dos turistas é um grande problema e infelizmente já vi isso em outros paraísos do Brasil. Talvez os preços baixos levem esse tipo de público para a cidade. Enfim, acredito que seja mais problema de educação do que de preços, mas…esse é o nosso Brasil.

      Só não entendi sua colocação: “e vejo q o seu perfil de turista é o que estamos tentando evitar para os proximos anos”. Espero que essa frase não tenha sido direcionada a mim, pois realmente não faço parte dos turistas que visitam um local sem respeito ao meio ambiente.

      Realmente espero que esse paraíso continue preservado. A conscientização e trabalho dos moradores é muito importante.

      Obrigado pela visita. Até + !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *